Arquivo da categoria: 3G

Guia: 3G e acesso móvel no Linux

Olá todos, foi publicado no site Guia do Hardware um excelente artigo sobre acesso móvel no Linux, super detalhado.

As conexões móveis estão se tornando as sucessoras do acesso discado, no sentido de que estão disponíveis em praticamente qualquer lugar, atendendo até mesmo as áreas mais afastadas, onde outras modalidades de conexões não estão disponíveis, além de fazerem a alegria de quem precisa de uma conexão contínua em qualquer lugar para trabalhar ou manter contato com os amigos.
Embora existam muitas arestas a aparar, as conexões via 3G são bem suportadas no Linux, muito embora a configuração nem sempre seja tão simples quando poderia. Este guia mostra como configurar as diferentes opções de serviços e aparelhos no Linux.

O artigo está dividido nos seguintes tópicos:
Escolhendo um plano de dados
Script paro o Vivo Zap no Linux
UMTS, WCDMA, HSDPA e a questão das freqüências
Conectando no Linux usando um modem USB e solucionando problemas
Usando o smartphone como modem Bluetooth, no Linux
Usando o smartphone como modem Bluetooth, no Windows
Usando os smartphones com o Windows Mobile como modem, no Linux
Usando o Giro no Linux
Windows Mobile: pegando carona na conexão de outros aparelhos
Hotspot wireless
Leia em:
http://www.guiadohardware.net/guias/28/

3G: A melhor oferta para mais rentabilidade

A chegada no Brasil da terceira geração da telefonia celular, conhecida como 3G, impõe invariavelmente às operadoras o desafio de estruturar estratégias para conquistar novos adeptos, tanto no mercado doméstico quanto no corporativo. Em qualquer região em que já é realidade – como Europa, Estados Unidos, Austrália, Coréia e Japão – a 3G reflete uma tendência inevitável que, em pouco tempo, acredita-se será vital para a comunicação pessoal: a banda larga móvel.
Entre os fatores que têm levado as operadoras de todo o mundo a migrarem seus sistemas para a 3G estão a maior capacidade de rede, o menor custo da infra-estrutura e as maiores taxas de transmissão de dados. Com uma tecnologia mais avançada, as operadoras podem oferecer serviços de dados cada vez mais atrativos aos usuários, além de uma melhor qualidade dos serviços de voz. Do ponto de vista de Negócios, estamos falando em agilidade no desenvolvimento de produtos e serviços broadband wireless para, conseqüentemente, buscar maior rentabilidade dos clientes.
Com as redes 3G montadas e os planos de negócios ajustados, as operadoras de telefonia celular no Brasil precisarão então avançar no mercado com novas ofertas de mobilidade. Para os usuários, a 3G significa novas funcionalidades, melhor desempenho e altas taxas de transmissão de dados, capazes de transformar dispositivos sem fio (celular, notebook, modem ou PDA) em estações móveis completas de entretenimento ou trabalho.
Com a tecnologia 3G, o consumidor tem acesso a serviços de banda larga sem fio em qualquer tipo de computador. Seja por meio de placas de dados, modems USB ou laptops com módulos 3G embutidos, é possível conectar-se à Internet com velocidades de conexão comparáveis à banda larga convencional. É fundamental, portanto, que os players avancem em novas aplicações e desenvolvam uma estratégia que faça com que os usuários e as corporações se sintam tentados a migrar para as novas redes.
Leia o artigo na íntegra.