Arquivo da tag: Wi-Fi

Wi-Fi 802.11ac poderá chegar a 1 Gbps em 2012

Texto por  Marcos Elias Picão para o Guia do Hardware.net
Depois de ratificar o padrão 802.11n, o grupo IEEE começou a trabalhar nas especificações de uma versão mais rápida para transmissão de dados sem fio, o Wi-Fi 802.11ac. Em um futuro não tão distante as redes sem fio domésticas podem evoluir bastante, caso os planos sejam alcançados. Esse padrão deverá usar canais de 80 MHz ou até mesmo 160 MHz, oferecendo bem mais largura de banda do que atualmente. Junto com outras otimizações como um aumento de 10% na eficiência da modulação, a velocidade teórica do 802.11ac é esperada para ficar em torno de 1 Gbps, mais de 3 vezes os 300 Mbps do 802.11n atual.
A tecnologia está em processo de estudo desde novembro, onde os rascunhos são discutidos; sendo assim as especificações e metas podem ser alteradas. Espera-se que o novo padrão seja utilizável ainda em estado de desenvolvimento em 2011, mas só deve ser concluído no final de 2012.
Enquanto o novo padrão não fica pronto, eles trabalham em melhorias para o 802.11n também, usando múltiplos fluxos de dados MIMO (multiple in, multiple out). O 802.11n poderá pular dos 300 Mbps teóricos atuais em dois streams para 450 Mbps com três streams, ou 600 Mbps com quatro. Alguns chipsets atuais, como o 5300 da Intel, já suportam três streams, bastariam se conectar a dispositivos compatíveis. Dispositivos da Apple como o AirPort Extreme Base Station e ponto de acesso Time Capsule também começam a suportar, apesar de não haver anúncio oficial da Apple. Essas iniciativas dão um impulso ao desenvolvimento dos padrões intermediários mais rápidos, para “tapar o buraco” enquanto o 802.11n não fica pronto.
Via Electronista e ArsTechnica.

Depois de 7 anos, IEEE aprova padrão Wi-Fi 802.11n

O grupo de padronização IEEE anunciou oficialmente que ratificou o 802.11n, o padrão mais recente da tecnologia Wi-Fi. A ação tira, finalmente e oficialmente, a especificação do estado ‘rascunho’, que estava desde 2006, e permite às companhias desenvolverem hardware 11n com a certeza de que funcionarão corretamente com qualquer dispositivo que tenha compatibilidade com a tecnologia. O grupo planeja publicar o padrão final em meados de outubro.
Leia na íntegra. http://www.guiadohardware.net/noticias/2009-09/4AABCC1B.html

Mega dica de uso para o Mandriva e OpenSUSE.

Muitas pessoas vem tendo problemas ao configurar ou instalar algo no Mandriva ou no OpenSUSE, tendo que recorrer ao console,

isso não é preciso!.

A grande verdade é a seguinte, no Mandriva e no OpenSUSE, você não precisa e nem deve ficar usando o console ou ficar catando coisa

da internet.

No Mandriva, você vai usar o Centro de Controle Mandriva. Nele, você incontrará o gerenciador de pacotes,

e por lá que vai procurar e instalar programas. Lá que você vai configurar a wireless, internet 3G ou discada,

lá que você vai particionar seu HD, ou montar NTFS, lá que você vai configurar seu monitor e configurar a placa de vídeo,

e até acertar a hora vai ser lá!
E é exatamente a mesma coisa no OpenSUSE, porem, será no YaST!

Centro de Controle do Mandriva 2008.1

Centro de Controle do Mandriva 2008.1

Bluetooth e WLAN são tecnologias sem fio mais promissoras, mostra IDC

SÃO PAULO – Os mercados de chips com tecnologia Bluetooth e WLAN (rede sem fio) são, de acordo com a consultoria IDC, os mais promissores para os fabricantes de chips eletrônicos de transmissão de dados sem fio. Segundo um levantamento da empresa, essas duas tecnologias mantiveram taxas de crescimento de dois dígitos no ano passado, conduzidas pela forte demanda por aparelhos de acesso remoto à internet.
Para o IDC, à medida que as especificações de uso para WLAN e Bluetooth continuam a evoluir, a demanda por essas tecnologias deve mantê-las como boas oportunidades para fabricantes nos próximos anos.
Ambos os mercados devem ter mais um ano de crescimento de dois dígitos em 2008, afirmou o gerente de Pesquisa de Aparelhos de Consumo e Semicondutores Sem Fio do IDC, Ajit Deosthali. Uma maior integração vai ocorrer já que a WLAN provavelmente será combinada com outras formas de radiotransmissão de dados, como o Bluetooth e o GPS. A integração provavelmente levará a uma redução nos custos de materiais para as plataformas e a uma proposta de valor mais elevada para os fabricantes de chips, acrescentou.
De acordo com o levantamento do IDC, a Broadcom segue líder de mercado na tecnologia WLAN, auxiliada pelo crescimento nos segmentos de computadores pessoais, redes domésticas e de jogos eletrônicos. Em segundo lugar nessa lista aparece a Atheros, seguida pela Intel.
No segmento de Bluetooth, a CSR e a Broadcom juntas têm mais de três quartos do mercado, enquanto a Texas Instruments, a NXP, a STMicroeletronics e a Infineon dividem os 25% restantes. A maioria dessas empresas concentram suas atividades no fornecimento de chips Bluetooth para aparelhos pessoais portáteis.
(José Sergio Osse | Valor Online)
Fonte: O Globo Online

Entretenimento em HD sem fios

Um grupo de multinacionais está a desenvolver uma tecnologia de alta definição que irá permitir a transferência de dados, via wireless, entre dispositivos de entretenimento domésticos
Hitachi, Motorola, Samsung, Sharp e Sony estão a colaborar para desenvolver, rapidamente, standards wireless para sinais de alta definição em sistemas domésticos de entretenimento, noticiou o site vnunet.
A tecnologia vai ser desenvolvida para eliminar a utilização de cabos nos sistemas de entretenimento domésticos.
O objectivo é desenvolver os standards este ano, através da tecnologia Wireless Home Digital Interface (WHDI), da empresa israelita Amimon.
«WHDI oferece um desempenho robusto das ligações sem fios, para atender e superar as exigências dos consumidores», disse Paul Moroney, porta-voz da da Motorola.
Esta tecnologia usa compressão de dados, mas separa os sinais «importantes» dos «menos importantes», para tornar a transferência mais rápida.
Isto significa que, à medida que a distância entre os dispositivos aumenta, a qualidade das imagens piora, mas o objectivo é garantir que os dados sejam transmitidos com rapidez suficiente para permitir a visualização perfeita.
Fonte: sol.sapo.pt

BrT lança WiFi em aeroportos e lojas

Após o lançamento do Telefone Único Wi-Fi, na terça-feira, 24, a Brasil Telecom anuncia agora que vai disponibilizar, nos próximos dois meses, internet WiFi gratuita em lojas da operadora e nos aeroportos das cidades onde atua: Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Brasília, Goiânia, Campo Grande e Cuiabá.
A estratégia segundo Marco Antônio Gomes Alves, diretor da regional gaúcha, é focar no cliente que viaja e que passará a utilizar o Único como uma extensão da casa, através do SIP, um protocolo de aplicação para estabelecer chamadas e conferências através de redes via Protocolo IP.
Disponível para compra desde a terça-feira, o Único WiFi permite usar um smartphone da HTC como celular ou como telefone fixo, de acordo com a situação. O produto pode ser comprado por telefone (10314) e deve chegar às lojas em julho.
“É um produto sem precedentes no mundo e que permite integrar o número de telefone fixo a até três aparelhos móveis compatíveis com a tecnologia WiFi. Ele funciona como a extensão do número da casa ou do escritório, onde quer que o cliente esteja”, comenta o diretor de Marketing da Brasil Telecom, Dalton Hayakawa.
Inicialmente, apenas o modelo S621, da HTC, será compatível com a tecnologia. O aparelho custa R$ 1.100, mas pode ter descontos de acordo com o plano contratado.
Fonte: baguete

American Airlines testa serviço de acesso em vôo via Wi-Fi

Uma notícia curiosa para começar o dia. A American Airlines testará hoje um serviço de acesso à web via Wi-Fi durante o voo em suas aeronaves, utilizando uma rede de dados via EVDO (a mesma tecnologia usada no Vivo Zap) para a transmissão de dados entre as estações em terra e as aeronaves e um conjunto de pontos de acesso instalados dentro do avião para oferecer acesso aos passageiros.
Durante a fase de testes, o serviço será oferecido de forma gratuita, mas o plano é passar a cobrar US$ 9.95 para voos com até 3 horas de duração e US$ 12.95 para voos mais longos assim que os testes forem concluídos. Existem ainda alguns detalhes que não foram esclarecidos, como por exemplo se as aeronaves passarão a oferecer tomadas para carregar os notebooks (o que me parece improvável) e sobre a velocidade do acesso, já que uma estação de transmissão em avião a mais de 10 mil metros de altitude, se movendo a 900 km/h e chaveando entre diferentes estações de transmissão em terra provavelmente terá dificuldades em manter uma boa velocidade de acesso, principalmente se considerarmos que o serviço será compartilhado entre todos os passageiros. Algumas informações preliminares é que o serviço priorizará o acesso à web e a leitura de e-mails, em detrimento a transmissão de grandes arquivos, áudio e vídeo e que o uso de serviços de voz sobre IP será dificultado “por todos os meios possíveis”, o que reforça a idéia de que o acesso será na verdade bastante lento.
Mesmo que a tecnologia faça sucesso entre os passageiros da American Airlines, é improvável que a tenhamos aqui no Brasil em um futuro próximo, por um motivo simples: os voos domésticos são muito mais curtos, com trechos de uma hora e meia ou menos, o que minimizaria o interesse e os potenciais ganhos das empresas aéreas.
Leia mais no : http://www.boingboing.net/2008/06/24/american-airlines-wi.html

Fonte: Guia do Hardware

Qual a diferença entre ROTEADOR WIRELESS e ACCESS POINT (AP) Wireless?

Pessoal, estou agradecendo o MEGAF que teve a iniciativa de criar um blog para o canal #Wireless-BR na rede freenode de irc.
Como esse é meu primeiro post, quero deixar uma pequena contribuição.
Vendo que o pessoal acessa muito a rede pedindo qual a diferença entre roteador e ap estou contribuido com uma resposta para a comunidade
Roteador: irá pegar um IP do modem e efetuar roteamento para uma nova range de IPs. Ou seja vai rotear seu ip.
Vantages
-Firewall;
-Controle de MAC;
-Conectar pela porta WAN;
-Maioria dos rádio possui mais de uma porta RJ45;
-Faz PPOE;
Desvantages
-Não repete o sinal de outro rádio;
-Não acessa como cliente;
-Não faz WDS;
Acess point: irá fazer a mesma coisa que um Switch, irá transferir a rede roteada do próprio modem. Nesse caso a configuração da rede ficará concentrada no modem.
Vantagens
-Comunicar com outros AP’s em modo WDS;
-Opção de trabalhar como cliente/station;
-Repetir um sinal como Universal Repeater;
-Criar redes AD-HOC;
-Firewall;
-Controle de banda;
-Controle MAC;
Desvantagens
-Não tem Wan
-Não faz PPOE
Bom pessoal apartir deste artigo, vocês podem optar por um ap ou um roteador, de acordo com suas necessidades.